quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Quatro Dicas para Ajudá-lo a Controlar a Ansiedade


A ansiedade é algo que aflige muitas pessoas e principalmente aqueles que se encontram em contextos estressores.  Por contexto estressor digo simplesmente algo que gere uma situação de instabilidade e acarrete em reações emocionais e fisiológicas de estresse. Assim, a cada audição, concurso e festival o bailarino se encontra em uma situação de estresse. Ao longo dos anos ele vai tentando administrar essas sensações de ansiedade e muitas vezes obtém sucesso, mas a maioria ainda experimenta forte ansiedade o que atrapalha em apresentações e festivais. Mas a grande pergunta é “o que faço para me livrar da ansiedade!?”.

Bom, antes de dizer algumas dicas preciso informar que estas dicas podem ser bastante úteis, porém, em muitas situações apenas o psicólogo clínico será capaz de investigar e procurar modificar a ansiedade. Então, vamos lá:

1º Não assista a apresentações anteriores a sua : a curiosidade é grande, especialmente quando o bailarino anterior está na mesma categoria que você. Mas também sabemos que isso só eleva a ansiedade, certo? Isso vale para as quinze apresentações anteriores a sua. A partir deste momento é hora de checar se o figurino está todo certo, e a maquiagem precisa de retoque e principalmente concentrar-se para a SUA apresentação.

2º Não tente fazer um passo complicado no camarim: esse é um erro muito comum e você já sabe qual o final da história: você não conseguirá realizá-lo naquele espaço inadequado e por fim se desesperará. A intenção é boa, na verdade você quer treinar mais uma vez para sair perfeito, mas infelizmente não é o que acontece e sua mente vence fazendo-o acreditar que vai sair tudo errado, o que atrapalha muito a coreografia. Eu sei que provavelmente você já cometeu esse erro 1, 2, 3, 4, ...5, ... enfim... não cometeremos mais este. Tenho certeza que isso já irá ajudá-lo bastante.

3º Lembre-se: uma coisa de cada vez: Uma coisa que ocorre com frequência é uma forte preocupação com a apresentação com horas antes dela. Checar de cinco em cinco minutos a ordem da apresentação, perguntar para o organizador “está em qual?”, não conseguir se alongar direito: são característicos desta pessoa. Você provavelmente já é amigo dos organizadores de tanto perguntar sobre a ordem dos bailarinos e eles já te chamam pelo primeiro nome. Brincadeiras à parte é importante lembrar-se sempre: uma coisa de cada vez. Marque um tempo para alongar-se, para checar se falta alguma coisa, para tirar fotos. A grande dificuldade é não pensar na ansiedade, por isso pense objetivamente no que precisa fazer.

4º Simplesmente relaxe: separe um momento logo antes da sua apresentação para simplesmente relaxar. Sente-se confortavelmente no local mais calmo que conseguir encontrar e respire fundo, tente pensar em coisas positivas, frases de incentivo que te tocam, imagens belas, uma música bonita e relaxante. Isso tem o poder de diminuir a tensão muscular e te desviar de pensamentos negativos.

Então, resumindo: 1º Não assista a apresentações anteriores a sua. Afinal, o foco é você. 2º Não tente fazer um passo complicado no camarim. Isso só vai atrapalhá-lo e desencadear um ciclo de pensamentos negativos. 3º Lembre-se: uma coisa de cada vez. Uma preocupação forte e antecipatória é comum e o bailarino precisa saber lidar com ela. Uma boa maneira é separar seu tempo para cada tarefa.  4º Simplesmente relaxe. Muitas vezes dentro do camarim está uma loucura e isso só aumenta a ansiedade. Procure coisas que o relaxem.

Com estas dicas sua ansiedade pode diminuir consideravelmente, mas lembre-se: o objetivo é controlar a ansiedade e não eliminá-la, pois isso não seria possível, afinal vocês não estão assistindo a um filme na televisão, vocês estão se apresentando. 


Maria Cristina Lopes
Psicóloga da dança
CRP 5/47829


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Curta nossa página no facebook: https://www.facebook.com/serafim.ballet

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...