segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

As cinco posições do balé (braços e pés)

Definidas pelo francês Pierre Beauchamps, elas descrevem o começo ou o fim obrigatório de todos os passos, além de estarem intermediando as demais marcações.

BRAÇOS



PÉS

1ª Posição - os pés devem estar en dehors (abertos), calcanhares se encontram (se você for iniciante, e não consegue juntar os calcanhares, pode afastá-los um pouco); a cava do pé deve estar para cima (borda externa do pé toda no chão). Os braços ficam abaixo na altura do seio à frente, arredondados. 

2ª Posição - os pés devem ficar mais distantes e en dehors, calcanhares afastados um do outro; a cava do pé continua para cima e a base do pé firme ao chão. Os braços continuam arredondados, só que abertos para os lados. Eles não devem ultrapassar dos ombros. Cuidado! A mão segue a linha do braço. Não deixe a mão caída, fica muito feio. 

3ª Posição - é menos utilizada que as outras, e menos conhecida também. Consiste em pés en dehors, calcanhar da perna de base "colado atrás do calcanhar de perna à frente. O braço na perna de trás deve estar arredondando e baixo ou à frente do tronco, enquanto o braço da perna da frente fica aberto como o braço da segunda posição, sem flexionar o corpo para o lado do mesmo, podendo este ser diferente. 

4ª Posição - se assemelha a terceira, mas os pés encontram-se afastados, um mais à frente do outro. Os calcanhares têm que se encontrar em linha (como na foto), ou então, se você já consegue, a ponta do pé da perna de base faz linha com o calcanhar da perna à frente e vise-versa. A preocupação na quarta posição é para que o pé não fique "torto", então deve-se mantê-lo bem aberto (isso se deve à colocação da coxa bem en dehors), seguindo o princípio da cava do pé das outras posições. O braço da perna de trás deve ficar levantado e arredondado, ligeiramente mais à frente que a cabeça, enquanto o braço da perna da frente fica aberto para o lado da perna, arrendondado. 

5ª Posição - última posição mostra-se como uma das mais difíceis juntamente com a quarta, pois deve-se manter os pés o mais aberto possível, e as coxas às vezes impedem isto. Nela, a ponta do pé de base exatamente atrás do calcanhar do pé da frente, com as coxas bem juntas uma a outra. Os braços devem erguer-se de forma arredondada igualada, mantendo-se sempre ligeiramente à frente da cabeça e as mãos a uma distância mais ou menos de 3 a 4 dedos. 

OBS:
6ª posição ou pés paralelos, existe, mas não como uma posição. São executados, principalmente, em alguns exercícios de alongamento. Os dois pés, como o nome diz, devem ficar juntos e paralelos, apontando para frente, como mostra a imagem. 


Texto extraído da apostila da professora Ana Cristina do Centro Educacional El Shadday. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Curta nossa página no facebook: https://www.facebook.com/serafim.ballet

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...